Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


terça-feira, 24 de novembro de 2009

Escolinha de Vela do Iate Clube do Natal






Numa atitude digna de aplauso, a diretoria de vela, com o engajamento entusiasmado de todos que querem ver a vela do RN  crescer e tambem criar novas gerações de velejadores no Iate, criou a Escolinha de Vela do Iate Clube do Natal, sob a cordenação d Eilson Junior e tendo como professor o Alexandre. Surpreendeu a todos em sua aula inaugural, a empolgação da criançada e o número de inscritos. Treze crianças , com o  inusitado da maioria ser de meninas, fazendo com que o clube ficasse ainda mais bonito.
Imagino que nossas medalistas olimpicas e Pan-americanas venham a servir de estimulo para essas meninas e que elas tenham um clube que proporcione a chance de no futuro participarem de competições de nivel elevado para que se dediquem cada vez mais ao esporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário