Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Feriadão com muita festa!

Depois de alguns dias afastado por excesso de festas, estou de volta para contar um pouco sobre elas.

No ultimo domingo quando chegávamos ao clube a Ro e eu, encontramos o Nelson a Lucia e o Zanella que saiam para o sitio do irmão da Lucia,Saulo Jr. nos convidaram para acompanha-los e não tivemos duvida em entrar no carro e ir junto.

Foi um encontro muito legal regado a muita bebida e muita comida, com um bom bate papo entre uma turma divertidíssima que teve até telefonema para o Zezo um cantor natalense famoso e que faz parte do circulo de amizades do Saulo Jr. que infelizmente não pode comparecer para termos uma canja de suas musicas.

A noite fomos convidados para dormir na casa do Elder e da Dulce,um lugar muito bonito e agradável  onde fomos super bem recebidos.

Na segunda pela manhã começamos os preparativos para mais uma festa, dessa vez seria na casa da Dulce onde ela e o Elder recepcionariam os cruzeiristas que estariam de partida para Galinhos na terça a noite. Foi mais uma festa com a marca do nordestino, muita comida, muita bebida e acima de tudo muita hospitalidade fazendo com que os convidados sintam como se estivessem em casa. E foi assim nessa festa em que compareceram os tripulantes do Guga Buy, do Flyer, doTuareg, do Travessura além de uma velejadora francesa que viaja só e também iria para Galinhos. Também estavam nossos amigos do grupo de vela, Nelson e Lucia, Eilson e Isolda com os filhos, Afonso, Fabiola e Isadora, Lula Barreto e o Zeca do Borandá, todo esse povo curtindo muita musica boa, que ficou a cargo do velejador e DJ da maior competência, Paçoca que estava com a esposa e a filha.

Na terça voltamos para o clube para o RO(restos de ontem) no almoço pois ainda tinham algumas picanhas para arrematar a festa. Depois foi a parte mais chata que é dar tchau para os amigos que iriam partir. Porem isso faz parte da vida, conhecer-mos pessoas, ve-las partir mas ficarmos com boas lembranças e torcer para que nossos caminhos tornem a se cruzar.Que bons ventos levem o Guga Buy,Luthier,Flyer,Tuareg,Temüjin ao Caribe.

Gostaria de agradecer ao Nelson e a Lucia e ao Elder e a Dulce pelo ótimo feriadão que nos proporcionaram.