Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


terça-feira, 16 de março de 2010

Mudança nas correntes do Atlântico Norte está acelerando o derretimento das geleiras do Ártico


O Instituto Oceanográfico Woods Hole acaba de divulgar uma pesquisa que demonstra que as correntes do Oceano Atlântico Norte estão se alterando, e as águas quentes que são em empurradas para o Norte pela Corrente de Golfo (Gulf Stream), passam agora a atingir as proximidades da costa da Groelândia. Os pesquisadores verificaram que as águas do Fiorde Sermilik estavam a uma temperatura de 4 graus centígrados, muito acima do que era considerado normal no passado.
As águas mais quentes amenizam o clima, e a consequência é a aceleração no derretimento das geleiras da Groelândia. Fiamma Straneo, que lidera apesquisa, afirmou que o mais assustador é que as mudanças estão ocorrendo de forma muito rápida e são perceptíveis na escala de tempo de meses e não em anos.
O processo preocupa muito os cientistas. As geleiras da Groelândia possuem uma espessura de cerca 3,5 km e uma superfície com um tamanho semelhante ao território do México e, portanto, retêm uma grande quantidade de água, que a medida que se derrete e se desprende da geleira e chega ao Oceano.
Na última década, as geleiras diminuíram significativamente e a participação do derretimento na elevação do nível dos oceanos mais do que dobrou.
Fonte: Axel Grael, de Woods Hole
Postado no Popa