Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Medidor de vento beeeem baratinho

Wind Meter no iPhone da AppleLi no jornal que já existe mais aparelhos celulares do que gente no Brasil. Então deve ter alguém aí com dois ou três aparelhos, porque eu ainda não tenho nenhum! Deve, também, ser porque atualmente é praticamente impossível achar um celular que só tenha a função de telefonar. Normalmente eles vêem cheios de penduricalhos e estão cada vez mais “inteligentes”. São tantos recursos que viraram brinquedo. Mas um brinquedinho útil, reconheço.
O iPhone da Apple, por exemplo, além da previsão do tempo nativa pode virar anemômetro e medir o vento. O Wind Meter é um aplicativo que estima a velocidade do vento com base no barulhinho que as rajadas produzem no microfone do aparelho. O aplicativo ficou por 18 meses seguidos no top 20 da loja iTunes da Apple. E sabe quanto custa? Menos de um dólar!

Postado no blog do Maracatu