Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


segunda-feira, 16 de maio de 2011

Nelson Mattos Filho velejador, cronista, fotógrafo e agora Palestrante.

 palestra (2)palestra (1)Quarta-Feira passada, 11/05, durante o encontro de velejadores no Iate Clube do Natal, proferi uma palestra sobre: NAVEGAÇÃO E ANCORAGEM NA BAÍA DE TODOS OS SANTOS. Foi mais um bate-papo entre amigos, onde dividi um pouco da minha experiência naquelas águas abençoadas pelo Senhor do Bonfim. Sou realmente apaixonado por navegar na Bahia e, em todos os lugares por onde passo, faço questão de divulgar essa  minha paixão e incentivar navegantes e apaixonados pelas coisas do mar a navegarem naquelas águas. Na palestra falo das melhores rotas, waypoints, regimes de ventos, ancoragens, clubes, marinas e serviços. Tudo acompanhado em Carta Náutica digital e com exposição de fotos. A palestra pode ser proferida em clubes náuticos, marinas, escolas e eventos, basta para isso ser agendada pelo email avoante1@gmail.com  ou pelo fone: 84-9163-4203.

Postado por Nelson Mattos em 15/05/2011 by diariodoavoante