Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


terça-feira, 20 de setembro de 2011

Turismo Náutico: Conciliando desenvolvimento e sustentabilidade

 

 

Aconteceu nesta terça feira em Natal, o simpósio, Turismo Náutico: Conciliando desenvolvimento e sustentabilidade, promovido pela Fecomércio. Os palestrantes Axel Grael, presidente do Instituto Grael e Ricardo Moesch, coordenador geral de serviços turísticos do Ministério do Turismo, falaram a respeito da Marina de Natal, o turismos náutico em veleiros de cruzeiro e o terminal de passageiros para o turismo em transatlânticos. Assuntos que renderam calorosos debates. Axel Grael falou da importância dos projetos sociais voltado para a vela e o sucesso do Projeto Grael. Até o Projeto Navegar, que já foi implantado em Natal e não teve continuidade, foi assunto do simpósio da Fecomércio, não tendo ninguem de Natal para aproveitar a presença de pessoas com um grande potencial para faze-lo acontecer, como o presidente do instituto Grael, o representante do Ministério do Turismo e outras autoridades. Axel Grael falou da importância do Projeto Navegar na área social e da necessidade dele acontecer não apenas como uma escolinha de vela, o objetivo maior é transformar a vida de crianças carentes e desassistidas abrindo-lhes novos horizontes.

Parabéns a Fecomércio pela iniciativa.