Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Gente nova no pedaço!

Foi com grande prazer que numa ida ao Iate conheci essa dupla muito simpatica, o Eduardo e a Alessandra. Eles são leitores deste blog e tambem do Diario do Avoante, dos amigos Nelson e Lucia, que os convidaram para uma visita ao Iate Clube, e, como eles ja tem queda pra velejadores de cruzeiro ja chegaram no meio de um churrasco.

Com certeza ainda vou falar um bocado dessa dupla, pois eles tem um sonho com data marcada para comprar um veleiro e sair por ai, mas, pela empolgação eu acho que essa data vai ser antecipada.

Sejam bem vindos!