Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Uma poesia de velejador

Essa eu copiei de um blog que espero falar muito por aqui ainda, é de um pessoal que ta saindo em um trimarã de Miami para uma volta ao mundo que se chama Se jogue

Amuras a Boreste
Cuidado com os brandais
Reforça a cruzeta
Aguenta um pouco mais


Cambando ou dando um jaibe
Não deixa panejar
Capricha na retranca
Talvez melhor rizar


Muita palavra nova
É Valuma, Garlindéu
E tentando entender
Abro os braços olho pro céu


No dia que eu sacar
Tudo que se está falando
Já compro logo um barco
E saio navegando


Estou aqui torcendo
Pro amigo ganhar mar
Viver não é preciso
O bom é navegar!


By Breu 2011