Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


terça-feira, 21 de junho de 2011

Barcos arrastados por tsunami no Japão são retirados de ruas três meses depois

Três meses depois da passagem da tsunami que arrastou prédios inteiros em cidades do Japão, diversos barcos que foram levados pela água para o centro da cidade de Kesennuma começaram a ser retirados e alguns estão sendo levados de volta ao mar. Diante do alto custo da operação, proprietários das embarcações tiveram que se juntar para negociar um preço melhor com empresas de logística.
Mesmo depois das negociações, eles precisam gastar cerca de US$ 1 milhão pela remoção de cadabarco. Recolocar as embarcações em funcionamento é, no entanto, função primordial para retomar a pesca, principal atividade econômica de Kesennuma.
"Essa é uma cidade pesqueira, então se os barcos estão em movimento e começando a pegar peixes de novo, nós estamos esperançosos de que isso pode levar as coisas a recomeçarem aqui", disse Keiko Onodera, de 67 anos, que teve sua casa no alto de um morro poupada pela tsunami.
Autoridades estimam que a onda gigante que devastou parte do país arrastou 17 barcos pesando mais de 20 toneladas para dentro da cidade, além de outros mil barcos de pesca menores. Uma das embarcações já retiradas, o Akane Maru No. 1 deve passar por reparos e depois ser levado para a água novamente.
Apenas em Kesennuma, 1.433 pessoas morreram por causa da tsunami. O total de mortos no país passa de 14 mil.
Fonte: Agência O Globo . Postado no Popa
Imagens com barcos arrastados para terra pelo tsunami (arq PPS 2,7MB)