Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


domingo, 29 de agosto de 2010

Capitão francês apresenta barco voador criado para dar a volta ao mundo em 40 dias



Protótipo tem 10,8 metros de comprimento e terá apenas dois cascos
Alain Thebault, o capitão francês que bateu o recorde mundial de velocidade no barco a vela Hidróptero, apresentou, nesta segunda-feira (23), o novo protótipo de um barco voador que deverá bater novos recordes no mar.
O Hidróptero trimarã (espécie de catamarã de três cascos) experimental de 18,3 metros de comprimento, que usa lâminas para se elevar em alta velocidade acima das ondas, quebrou a barreira dos 93 km/h na costa mediterrânea da França no ano passado.
O catamarã Hydroptere.ch mostrado nesta segunda-feira tem apenas 10,8 metros de comprimento, com dois cascos, em vez dos três usados até agora.
Thebault disse que o novo modelo, projetado em conjunto com uma universidade técnica suíça, deverá ter uma nova configuração para as velas e os cascos para embarcações de 30 metros de comprimento, que deverão ser testadas para quebrar recordes de velocidade em voltas ao mundo.
No ano passado, o capitão disse que pretende fazer uma volta ao mundo em 40 dias. O protótipo deverá ser testado no Lago Genebra, na Suíça, e no Mar Mediterrâneo.
Postado no Popa