Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


quinta-feira, 12 de agosto de 2010

CCD Gold disponibiliza cartas náuticas para novas regiões


As cartas náuticas CCD Gold, do engenheiro naval argentino Rodolfo Larrondo ganharam novas regiões. As CCD Gold são cartas contínuas, vetorizadas, para uso no programa Map Source e nos GPS da Garmin, líder mundial na produção de receptores de GPS. 
As cartas do hermano apresentam grande confiabilidade e viabilizaram o uso do GPS portátil no cockpit, sem precisar ir até a cabine para consultar o chart plotter. Cartas na mão. 
A representação das cartas no Brasil é da velejadora Valeria Ormerod. Clientes das cartas CCD Gold adquridos através da Valéria podem obter atualizações gratuitas pelo e-mail valeria.ormerod@terra.com.br. 
Conheça as novas regiões. 
Mais sobre as cartas náuticas CCD GOLD.


Postado no Popa