Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Madeira é a primeira escala da volta ao mundo de Laura


A velejadora parte de Lisboa rumo a Machico dentro de três/quatro semanas
A Madeira está na rota da aventura de Laura Dekker, a velejadora holandesa de 14 anos que se quer tornar na mais jovem rapariga a dar a volta ao mundo em solitário. A nossa ilha constitui mesmo o primeiro local de paragem do veleiro 'Guppy', após a largada de Lisboa.
Laura esteve nas notícias em todo o mundo na passada quarta-feira, quando deixou o porto de Den Osse, na Holanda, rumo à capital portuguesa. Isto porque há precisamente um ano um tribunal impediu-a de realizar a viagem, pelo facto de ser menor e apesar de ter autorização dos pais. A proibição foi agora levantada e a holandesa não perdeu tempo. Neste momento, está no Atlântico, acompanhada do pai, Dick Dekker, já que a viagem na modalidade solitária só tem início em Lisboa.
Duas rotas possíveis
Conforme consta do programa disponível na página oficial na Internet (www.lauradekker.nl), a primeira etapa da viagem de circum-navegação termina em Machico. Prevê-se que aqui a jovem seja visitada pela equipa que lhe dará assistência ao longo do grande percurso marítimo que se propõe terminar em 2012. Da Madeira deverá seguir para as Canárias, onde dará início à travessia do Atlântico, que termina em Barbados, após percorrer 2.600 milhas. Após várias escalas na América Central, segue-se a travessia do Canal do Panamá, uma passagem pelas Galápagos e outra longa etapa (2.800 milhas) até às ilhas Marquesas. No entanto, a mais longa viagem desta aventura vem depois, com o percurso de 4.000 milhas até à Austrália.
O rumo de Laura Dekker após uma escala em Bali, na Indonésia, ainda não está totalmente definido, pois há duas rotas como hipótese. Ou prossegue viagem pelo sudoeste asiático, rumo ao Mar Vermelho e ao Canal do Suez, com posterior viagem pelo Mediterrâneo até concluir a sua cruzada em Lisboa. Em alternativa, a partir de Bali segue em direcção à costa oriental africana, a qual desce até dobrar o continente na África do Sul. Da Cidade do Cabo parte para a ilha brasileira de Fernando Noronha, concluindo-se a viagem com uma travessia atlântica até Cabo Verde e escala final nas Canárias.
Laura Dekker deverá terminar a viagem, que iniciará em Lisboa, Portugal, antes de festejar o 17.º aniversário a 20 de Setembro de 2012 e tornar-se na mais jovem navegadora a realizar a volta ao mundo à vela em solitário.
À partida da Holanda, na última quarta-feira, a jovem indicou que prevê iniciar oficialmente a volta ao mundo em solitário dentro de "cerca de quatro semanas" a partir de Portugal, a partir de onde o pai a deixará sozinha a bordo do 'Guppy'. Apesar de tudo, há uma equipa que a vai apoiar, com pelo menos dois contactos diários via rádio.
Postado no Popa