Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ibiraquera Wave Contest terá kite em formato de asa como atração

Divulgação

                                                         



Durante as disputas do Mormaii Ibiraquera Wave Contest será lançado no Brasil um novo esporte que tem tudo para conquistar muitos adeptos. Trata-se do Kitewing, uma pipa em forma de asa muito leve e que pode ser utilizada de diversas formas e superfícies. Para os que quiserem conhecer, o novo equipamento será lançado oficialmente no Brasil pela Hau Pai – Wind Sports entre os dias 1 e 12 de setembro, na praia de Ibiraquera, município de Imbituba (SC).
                                                                                                            


O Kitewing pode ser usado na água com uma prancha, no asfalto, na terra ou na grama com skates, patins ou mountainboards, na areia com sandboard e na neve com skis ou snowboards. Ou seja, a radicalidade predomina em qualquer situação.


Quem quiser testar suas habilidades no novo e excitante esporte, a Hau Pai – Wind Sports disponibilizará o Kitewing Wave Warrior 75 para ser utilizado na água e o IV-8 Dacon, para ser utilizado com um mountainboard na areia. Os instrutores da empresa darão algumas dicas iniciais de como andar com o equipamento na areia. E, para os que quiserem aprender na água, a empresa planejou também umas sessions na Lagoa de Ibiraquera, onde é mais fácil para quem está iniciando no esporte.

Kitewing
O Kitewing surgiu no final da década de 80 na Finlândia, inicialmente para velejar no gelo e na neve. Muito rápido se popularizou nas estações de ski no norte da Europa, onde os mais jovens conseguiam fazer manobras radicais e saltos bem altos.

Depois, o esporte ficou conhecido durante o verão europeu sendo usado com mountainboard, dirtsurfer e patins in-line. A última inovação foi o desenvolvimento da asa Wave Warrior 75, para ser utilizada na água, trazendo para o Kitewing a adrenalina do windsurf e do kitesurf.

O mais conhecido praticante do esporte é o eslovaco Patrik Pollak, windsurfista bi-campeão mundial da classe Raceboard que anda muito de Kitewing na neve e na água.

Kitewing no Brasil
Em 2010, Ricardo Caldeira, da Hau Pai –Wind Sports, foi até a Finlândia para conhecer a fábrica da Kitewing, empresa que já está presente em 34 países. Lá, Caldeira conheceu a realidade do esporte e o que ainda restringia a popularização do esporte no Brasil.

“Nos últimos anos algumas pessoas traziam os equipamentos na bagagem quando iam para os Estados Unidos ou Europa, ou algumas empresas compravam os equipamentos e os transportavam para cá, um de cada vez. O problema principal nesta prática é que o transporte fica caro e as peças de reposição não ficam disponíveis em tempo razoável, caso haja necessidade de substituição, encarecendo em muito o esporte”, explica Caldeira.

Durante a visita ele foi convidado a representar a Kitewing no Brasil e a ser o responsável pela expansão da marca no mercado latino-americano. Agora, a Hau Pai- Wind Sports é a importadora exclusiva dos equipamentos de Kitewing para o Brasil, com um bom estoque de equipamentos a pronta entrega, acessórios diversos e peças de reposição.

Conheça um pouco mais desse intrigante e versátil esporte durante as baterias do Mormaii Ibiraquera Wave Contest 2010. Maiores informações www.ibiraquerawavecontest.com.br.


Postado na Nautica