Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


domingo, 17 de julho de 2011

IX Simpósio de Segurança do Navegador Amador

 

 

O que é o Simpósio

No ano 2000, por iniciativa do então Vice-Almirante Euclides Duncan Janot de Matos, à época Diretor de Portos e Costas, foi realizado o I Simpósio de Segurança do Navegador Amador, com o objetivo de transmitir conhecimentos de segurança por meio de palestras e demonstrações, divulgar experiências e discutir as normas que regem a navegação de esporte e recreio - NORMAM 03/DPC, com o propósito de contribuir para o incremento da segurança da navegação a vela e a motor e para a salvaguarda da vida humana no mar e nas águas interiores, dirigido, principalmente, aos amadores, pescadores, mergulhadores, dirigentes de Clubes Náuticos e Marinas, fabricantes e representantes de equipamentos de navegação, segurança e salvatagem. O Simpósio revelou-se um sucesso, na medida em que, além de informar, proporcionou uma maior integração entre os navegadores e a Marinha do Brasil (Autoridade Marítima).


As Palestras

Os mais variados temas foram abordados em cada uma das palestras, sempre focadas no objetivo de informar e educar os navegadores para as questões que envolvem a segurança da navegação, a sua responsabilidade como Comandante, as noções de Primeiros Socorros, Meteorologia, Equipamentos de Segurança e Salvatagem, prevenção e combate a incêndios, além dos recursos disponibilizados pela Autoridade Marítima em caso de busca e salvamento, a exemplo do SALVAMAR BRASIL que integra a estrutura orgânica do ComOpNav  (Comando de Operações Navais). Além das questões ligadas diretamente à segurança da navegação, procurou-se dar enfoque para os assuntos que envolvessem a preservação do meio ambiente e a poluição.

As Demonstrações

Por meio de demonstrações práticas, procurou-se dar a real dimensão da forma correta de utilização dos recursos disponíveis em caso de necessidade, tais como: a aplicação dos extintores de incêndio, o manuseio de pirotécnicos e a forma de utilizar coletes e balsas salva-vidas. Também foi demonstrado, com a participação de helicópteros da Força Aeronaval (Marinha), de Navios-Patrulha e do SALVAMAR (Serviço de Busca e Salvamento da Marinha), o resgate de náufragos e a retirada de ferido de bordo. Os seis simpósios anteriores foram realizados no Rio de Janeiro e em Santos e tiveram o ambiente marítimo como a principal área de aplicação dos conhecimentos, recursos e procedimentos. O VII Simpósio tem especial destaque por ser o primeiro realizado em área lacustre e voltado essencialmente para águas interiores.


Os  Palestrantes

As edições anteriores dos Simpósios contaram com a presença de inúmeros palestrantes que se dispuseram a transmitir seus conhecimentos. Entre tantos, contamos com a presença do Velejador Lars Grael, do seu irmão Axel Grael que proferiu no III Simpósio a Palestra sobre "O Navegante e o Meio Ambiente", do navegador Amir Klink que fez a Palestra de Abertura do V Simpósio, e ainda com a simpatia de Vilfredo e Heloisa Schurmann, presentes em três edições do Simpósio onde no IV Simpósio falaram sobre "Rotinas de Segurança em Navegação", proferiram a Palestra de Encerramento do V Simpósio na Escola Naval e a palestra sobre "Preparação para Viagem" no VI Simpósio realizado na cidade de Santos/SP. Outra presença que muito nos honrou foi a do Dr. Luiz Sérgio Affonso de André que falou sobre "Primeiros Socorros" na III e VI edições do Simpósio. Vilfredo Schurmann esteve conosco no VII Simpósio em Brasília onde falou da sua vasta experiência como navegante e, como de costume, encantou a todos.