Viajar de veleiro



A maravilha de se viajar de veleiro é que basta que se decida ir para algum lugar, tudo que se tem que fazer é levantar a âncora,içar velas e ir embora.Essa sensação de liberdade é fabulosa,é quase como ter asas e voar livremente,basta bate-las.

Helio Setti Jr.

Tem que ir, ver e sentir!


"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu, para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor, e o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver..."


Amir Klink


domingo, 10 de julho de 2011

Novo navio do Greenpeace é referência em tecnologias verdes

O Rainbow Warrior 3 (ou Guerreiro do Arco-Íris 3) - o mais novo navio da ONG Greenpeace - foi apresentado na segunda-feira no porto de Bremen, Alemanha. Segundo Mike Townsley, porta-voz do grupo, ele é a aplicação prática dos valores do Greenpeace. Com custo estimado de US$ 23 milhões (R$ 52 milhões), o navio é ecologicamente correto e mostra que é possível usar tecnologias verdes na construção naval. Uwe Lampe, chefe de design do navio, conta que foram respeitadas normas ambientais e de segurança. Não foram utilizados, por exemplo, aço chinês nem compensados de madeira de desmatamento da Rússia.
Fonte: O Estadão,postado no Popa